Vitorino

"Laurinda"

LAURINDA Lyrics by Vitorino
Ó Laurinda, linda, linda
Ó Laurinda, linda, linda
És mais linda do qu'o Sol(e)
Deixa-me dormir uma noite
Nas dobras do teu lençol
Sim, sim, cavalheiro, sim
Sim, sim, cavalheiro, sim
Hoje sim, amanhã não
Mê marido, nã stá cá
Foi pr'a feira de Marvão

Onze horas, meia-noite
Onze horas, meia-noite
Marido à porta bateu
Bateu uma, bateu duas
Laurinda não respondeu

Ou ela está doentinha
Ou ela está doentinha
Ou já tem outro amor
Ou então procur'a chave
Lá no meio do corredor
De quem é este chapéu?
De quem é este chapéu?
Debroado a galão ?
"É para ti meu marido
Que fiz eu por minha mão"

De quem é aquele cavalo?
De quem é aquele cavalo?
Que na minha esquadra entrou ?
"É para ti mê marido
Foi teu pai quem te mandou"

De quem é aquele suspiro?
De quem é aquele suspiro?
Que ao meu leito se atirou
Laurinda, que aquilo ouviu
Caiu no chão desmaiou
Ó Laurinda, linda, linda
Ó Laurinda, linda, linda
Não vale a pena desmaiar
Todo o amor, que t'eu tinha
Vai-se agora acabar

Vai buscar as tuas irmãs
Vai buscar as tuas irmãs
Trá-las todas num andor
E a mais linda delas todas
Há-de ser o meu amor

Há-de ser o meu amor
  • 1672 Likes
  • 25975 Views
  • 178 Comments
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z