Zeca Pagodinho

"Samba no Chao"

SAMBA NO CHAO Lyrics by Zeca Pagodinho
O samba era no chão
Briga era na mão
E com malandro não tinha vacilação (me lembro)
Me lembro do tempo gostoso lá do tabuleiro
Que sempre chegavam os mestres batuqueiros
Logo deixavam as pretas malucas
Me lembro do tempo gostoso lá da Praça Onze
Que sempre chegava de trem ou de bonde
Portela , Mangueira, Salgueiro e Tijuca
Me lembro do baile gostoso do elite
Que eu sempre dançava com a Nega Judite
Com meu terno branco, chapéu de palhinha
Me lembro do samba gostoso da Tia Ciata
Que sempre cantava e tocava a nata
João da Baiana, Donga e Pixinguinha
Me lembro do samba gostoso da Tia Ciata
Que sempre cantava e tocava a nata
João da Baiana, Donga e Pixinguinha
O samba era...
Vi Ismael do Estácio
Com Bide, Baiaco, Brancura e Sinhô
Com o Paulo da Portela sempre estava
O Claudionor
Com Cartola da Mangueira
Sempre vinha Zé com fome
Mano Décio e Fuleiro
Que lá na Serrinha também tinha nome
O samba era...
O samba lá no Catete
Na Penha e na Glória descia o cacete
Vi malandro respeitado por mulher
Ser derrubado
Vi muito sambista
Que hoje tem fama
Se mandando da policia
Para não entrar em cana
O samba era no chão
Briga era na mão
E com malandro não tinha vacilação
  • 5880 Likes
  • 21930 Views
  • 624 Comments
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z